"Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos, um filme mais ou menos ,um livro mais ou menos.

Tudo perda de tempo. Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoração ou seu desprezo. O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia."



- Martha Medeiros -

Meus Blog’s!

domingo, 30 de outubro de 2011

-SIR SHIBARI-


Sir Shibari era um Dono cuidadoso. Cuidava de suas posses com muito zelo. E dentro dessas posses ele cuidava com maior zelo ainda de sua coleção de cordas. Já imaginou um shibarista sem cordas? Ele não comprava só as que vinham prontas ou nas cores disponíveis... muitas vezes ele idealizava seus projetos em cordas de cores que não existiam para vender, por isso ele tingia suas cordas em cores degrades... em cores vibrantes... no tom que ele imaginara, não se deixando tolher por não achar a corda pronta para comprar.
Por isso mesmo suas obras eram tão apreciadas. Não só por ele mesmo, que levava seu tempo fazendo seus artisticos nós, mas pela peça utilizada, que ao final do trabalho se sentia tão linda que implorava para que ele não lhe soltasse. Mas... como na vida tudo tem seu tempo, havia o tempo de amarrar, o tempo de admirar e o tempo de desamarrar.
As outras personagens de nossa historia são Gatinha e Esperança. Duas cadelinhas com Dono que admiram demais o trabalho de Sir Shibari. Não só o trabalho, mas a pessoa, suas idéias e realizações. E não é nada escondidinho não! Seus Donos conhecem esse respeito e respeitam isso!
Bom... o caso é que entrando no MSN, Sir Shibari se deparou com uma dessas cadelinhas on line... e entre os ditos... disse que achava que estava ficando gripado pois não teve nem forças de subir sua “mala” do carro, acabou deixando-a no porta-malas. Assim que o MSN desligou o celular da outra cadelinha arteira tocou, depois dos téte a téte iniciais do começo das conversas civilizadas, uma conta a outra a novidade: “A mala das Gostosuras” está no porta malas do carro dele!!!
Na mesma hora as duas se calaram e as cabecinhas ocas começaram a minhocar em atividades ilícitas, depois de algum tempo o plano estava pronto: roubar a mala do carro dele! Isso era fundamental!Foi tudo muito simples. As duas sabiam onde o carro estava e para lá se encaminharam. Chamaram o chaveiro pois haviam perdido a chave do carro. Ele abriu a porta para as duas mocinhas lindinhas sem desconfiar que aqueles dois anjinhos não eram as donas do carro. Abriram o porta malas, passaram a mala para o carro de uma delas, baixaram o pino e trancaram o carro deixando-o em perfeito estado só que sem a mala.
Durante aquele dia se arrumaram, embonecaram, perfumaram e se prepararam para a batalha. Ligaram para Sir Shibari assim que o horário de trabalho expirou. “Mestre... acredito que o senhor tenha sofrido uma perda irremediável em seu carro, o sr deveria correr para lá!” e desligaram. Ele ficou aturdido. O que será que essas doidivanas estariam fazendo? Correu para o carro e não encontrou nada batido nem amassado, mas de repente recebeu um torpedo com a foto da mala. “Mas que cadelinhas safadas!”. Logo a seguir recebeu o torpedo: RESGATE- compareça no endereço tal as tantas horas de amanhã. Lá receberá maiores instruções. Entrou no carro e foi para casa soltando fogo pelas orelhas, pelo nariz e até pelos olhos! Não era uma figura bonita de se ver. E as duas não ligaram para falar com ele nem entraram no MSN. Iriam esperar a noite passar e ele voltar ao normal.
O dia seguinte foi um sábado gostoso, de tempo quente mas não muito. Sir Shibari entrou no seu carro e foi ate o endereço que haviam lhe mandado com um mapinha do Google. Chegou sem problemas a uma linda chácara com a entrada toda enfeitada por floreiras floridas com flores lindas e diversas, das mais variadas cores. Encontrou o portão de carros aberto e entrou... foi levando o carro pela lateral da casa onde ambas estavam deitadas em redes coloridas tomando chá gelado, elas indicaram para ele parar o carro ao lado do delas, numa linda rampinha. Ele parou e desceu. Elas fecharam os portões e desceram juntas para encara-lo. Nenhuma tinha coragem de faze-lo sozinha. “Bom dia Mestre” Falaram em uníssono, como se tivessem ensaiado. “O sr já tomou o café da manhã?... Com esta gripe que o sr está é bom comer para se recuperar!” foram puxando-no para uma mesa com bolo, pão caseiro, mel, frutas, biscoitos caseiros, e mais uma monte de gostosuras... Esperança adorava cozinhar... ainda mais para o mestre.
Ele parou... olhou tudo e nada disse... depois de uns instantes, com uma certa bruteza de movimentos colocou as duas de frente para ele “Onde vocês estavam com a cabeça? Roubar minha mala? Como fizeram isso? O carro não foi arrombado nem danificado! Voces sabem que não posso deixar isso assim... voces terão que ser castigadas!” ele disse muito sério. As duas riram. “Primeiro o sr tem que pagar o resgate da mala... depois os castigos!” ele ficou confuso mas acabou se rendendo e sentando à mesa para um farto café da manhã. Depois do café foi levado ao quarto onde se encontrava a mala preciosa. Abriu-a conferiu seu conteúdo e notou que faltavam dois rolos de corda, um verde e um roxo. Olhou para ambas  e Gatinha segurava o verde, que combinava perfeitamente com a roupa mínima que usava e Esperança segurava o roxo, combinando com o baby doll transparente que usava. “O que isso quer dizer?” falou exaltado Sir Shibari. “O preço do resgate é sermos artisticamente amarradas pelo sr.” Falou Gatinha assanhada. “Depois de amarradas o sr pode fazer o que quiser conosco...” foi a vez de Esperança com os olhos verdes faiscantes.
Então foi a vez dos olhos de Sir Shibari faiscar! Ah! Ele  pagaria o resgate! E elas JAMAIS se esqueceriam desse pagamento! Ele teria certeza disso!

Aguardem o próximo capítulo de Sir Shibari!

Dom Maximus - O Dominador
Hope Subway

3 comentários:

Anita disse...

Um conto pra lá de quente sem dúvida. Nossa fiquei a imaginar desde o primeiro paragrafo...uma delicia de viagem a este universo erótico tão prazeroso.

Criei, recentemente, um espaço e caso queira fazer uma visita será um prazer, sinta-se à vontade.

Beijos,
Anita.
http://intimasintencoes.blogspot.com

Mery disse...

Na verdade*, me fez viajar, é mesmo uma delícia* esse conto meio instigante:)Sensual, erótico, tudo!* *
Gostei daqui e tô seguindo...
Me visite, o meu blog é "um pouquinho " diferente do teu, mas é legal*...
No momento não ando muito bem e as postagens estão meio tristes", mas há coisas boas lá.
Vou te acompanhar, estou curiosa pra saber mais de ti...Fênix*

Beijus da Mery*

Erótico e Profano disse...

Ola tudo bem? Sou seguidor do seu blog desde o início, e adoro demais!, eu gostaria muito de trocar nossos links..ja te adicionei como meu favorito em minha lista...
Visite meu blog www.eroticoeprofano.blogspot.com
Recebo em média 1300 visitas diarias...acho que seria uma boa parceria
Me retorna sua resposta?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...